Sobre viver intensamente depois de um câncer

     Há dois anos eu jamais imaginei que minha vida pudesse voltar ao normal.

     Na época do diagnóstico a minha vida deu um giro de 360º. Eu me sentia angustiada e receosa com o que o futuro podia me reservar. Quando as pessoas me diziam: “Bel, isso vai passar” eu custava horrores a acreditar… Eu acreditava mesmo que só teria mais alguns dias ou poucos meses de vida. Mas os dias e os meses passaram… E eu sobrevivi!  Hoje eu sou a prova viva de que sim, tudo passa!!!

     Quando recebi o diagnóstico eu ficava horas e horas na internet atrás de mulheres e informações que pudessem me encorajar e me inspirar de alguma maneira. Encontrei várias mulheres, mas nenhuma da minha idade. Aquilo me inquietava bastante, pois eu estava realmente diante do desconhecido. Nesse momento eu passei a entender o que representatividade realmente significa. Logo em seguida eu criei o blog, comecei a compartilhar minha rotina e a desabafar e, consequentemente, o blog acabou por se transformar num canal de trocas.

     Agora, sempre recebo mensagens de meninas/mulheres jovens – geralmente na faixa dos 23 aos 26 anos –  me contando que foram diagnosticadas com câncer de mama e que eu tenho sido a primeira referência delas de superação e de inspiração. É muito gratificante saber que hoje eu posso ser para essas pacientes recém diagnosticadas o que eu não tive lá atrás…

     Bom, os últimos meses foram uma correria, comecei um estágio na minha área, tive muitas provas na faculdade e acabei ficando com o tempo bem apertado. Mas não reclamo. Eu senti muita falta de viver essa correria enquanto estive em tratamento. Essa rotina faz com que eu me sinta viva e saudável. Continuo indo ao médico direitinho, faço os meus acompanhamentos e continuo tomando o Tamoxifeno e fazendo as aplicações mensais de Zoladex, isso não mudou e eu já me acostumei, faz parte da rotina.

     Sim gente, tudo passa! Sou exaustiva nisso, mas é porque realmente passa mesmo. Aos pacientes que leem o meu blog ou que por ventura possam vir a ler: não desistam e não desanimem, pois existe muita vida depois do câncer! Mudamos física e mentalmente, mas para melhor. As cicatrizes fazem parte, são consequências da guerra que vencemos!

     E se antes eu era intensa, agora eu sou mais ainda. Com o câncer pude entender que não devo deixar nada para depois. A vida é agora!

Fonte: pinterest

     Fiquei um tempinho sem aparecer aqui no blog, mas sempre leio e respondo as mensagens e o meu e-mail. Continuo atualizando o meu projeto (Câncer Sem Tabu) e o meu instagram pessoal (que não é mais tão pessoal assim). rs

Sim, tudo passa!!! Cabelo cresce de novo… e eu aproveito todas as fases! 

Com amor,

Bel ❤️

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s